22 jun 12 – A batata do Assad tá assando! F-16 da Turquia foi derrubado pela Síria!

Notícias não totalmente confirmadas estão circulando no Oriente Médio dando conta que dois jatos F-16 da Força Aérea invadiram o espaço aéreo sírio na fronteira com a Turquia e um pelo menos teria sido abatido pela bateria anti-aérea da Síria, sendo que dois pilotos (?) estariam sob custódia síria.

Convém lembrar que algo em torno de 20 mil sírios estão abrigados pela Turquia na fronteira após fuga de suas cidades sírias com pesados bombardeios do exército do Presidente Al Assad. Os refugiados estão abrigados em grandes acampamentos na fronteira em território turco que os abriga em barracas grandes e fornece toda a assistência necessária como medicamentos, alimentos, assistência médica, etc. O governo turco conforme declarações recentes já teria gasto cerca de US$ 150 milhões com a ajuda humanitária e não teve nenhuma colaboração de outros países.

“Turkish Prime Minister Tayyip Erdogan said on Friday Syria had admitted it had shot down a Turkish warplane in the Mediterranean and apologised, BBC Monitoring reported, citing Turkey’s state news agency Anatolia.

The report could not immediately be confirmed. Turkey’s military had earlier announced it had lost contact with a fighter jet while it was over the sea off the southeastern coast. It did not give any further details. [Reuters]”

Segundo a secretária da guerra Hitlery o governo turco pode invocar a clausula 4 da NATO, a mesma que permitiu aos EUA invadir e atacar o Iraque após ataque das torres gêmeas em 2001.

Há notícias não confirmadas que tropas turcas estão se movimentando na fronteira síria e que uma fronta naval turca já estaria sobre as aguas da Síria. Uma preparação de guerra?

A medidas tomadas pela ONU no embargo contra a Síria são muitos incipientes e são criticadas pelos ativistas. Ainda não foram aplicados embargos econômicos, congelamentos de contas, proibição de fornecimentos de armas para o governo sírio, entre outras medidas, tornando branda a situação política de Assad que continua ordenando, a despeito da condenação internacional, pesados bombardeios em várias cidades sírias. Ativistas dão conta da morte de pelos menos 20 mil civis nestes ataques.

Parte dos militares sírios já desertou, inclusive um piloto com seu caça MIG pediu asilo na Jordania na ultima semana. Importantes oficiais já fazem parte dos rebeldes que organizam combates contra as tropas do governo de Al Assad. Se isto não é uma guerra civil, não sei que nome dar a isto, não é?

Acho que a batata do presidente ditador Assad está mesmo assando no forno.

Este é mais um capítulo da Primavera Árabe. A quem interessa a derrubada do Presidente Sírio?

Certamente EUA e Israel apoiam a queda do ditador, mas não aos russos e chineses. Mas ao povo sírio massacrado e explorado por décadas por um déspota? Os sírios tem mesmo que buscar o seu próprio caminho na democracia e não mais permanecer por décadas nas mãos de grandes potências fazendo parte de um teatro que está desmoronando em todo o Oriente Médio.

Já cairam os ditadores do Yemen, Jordania, Egito e Lybia, mas outros ainda seguirão com certeza. No mundo ainda há 38 países governados por ditadores que se eternizam no poder. Economias importantes ainda vão cair na dança da Primavera Árabe, como a Arabia Saudita, o maior produtor de petróleo do mundo. quem viver verá.

Por Atama Moriya em 22 de junho de 2012.

http://www.todayszaman.com/news-278142-clinton-says-turkey-may-invoke-natos-article-4-over-syrian-tension.html

http://www.ozyism.com/2012/06/zionist-or-turkish-f16-shot-down-over.html

NATO

Article 4

The Parties will consult together whenever, in the opinion of any of them, the territorial integrity, political independence or security of any of the Parties is threatened.

Article 5

The Parties agree that an armed attack against one or more of them in Europe or North America shall be considered an attack against them all and consequently they agree that, if such an armed attack occurs, each of them, in exercise of the right of individual or collective self-defence recognised by Article 51 of the Charter of the United Nations, will assist the Party or Parties so attacked by taking forthwith, individually and in concert with the other Parties, such action as it deems necessary, including the use of armed force, to restore and maintain the security of the North Atlantic area.

Any such armed attack and all measures taken as a result thereof shall immediately be reported to the Security Council. Such measures shall be terminated when the Security Council has taken the measures necessary to restore and maintain international peace and security .

Article 6 (1)

For the purpose of Article 5, an armed attack on one or more of the Parties is deemed to include an armed attack:

  • on the territory of any of the Parties in Europe or North America, on the Algerian Departments of France (2), on the territory of or on the Islands under the jurisdiction of any of the Parties in the North Atlantic area north of the Tropic of Cancer;
  • on the forces, vessels, or aircraft of any of the Parties, when in or over these territories or any other area in Europe in which occupation forces of any of the Parties were stationed on the date when the Treaty entered into force or the Mediterranean Sea or the North Atlantic area north of the Tropic of Cancer.”
Anúncios
Esse post foi publicado em "2012" - Fim de um ciclo e marcado , , . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s