04 nov 11 – Dilma diz que não vai por dinheiro no Fundo Europeu de Estabilidade Econômica após o G-20

Ao final da reunião do G-20 que encerrou-se hoje de forma meio desanimadora, sem muitos progressos, a nossa Presidente Dilma declarou que não vai por dinheiro no Fundo Europeu:

“Se nem eles [os europeus] têm intenção [de financiar mais esse fundo], por que o Brasil teria?”, questionou Dilma, recordando as reticências dos governos europeus em aumentar as suas garantias no FEEF.  A presidente avisa que os recursos do Brasil são reservas vindas “de muito trabalho” dos brasileiros.

O Brasil apenas está disponível para aumentar os recursos do Fundo Monetário Internacional (FMI), que terá um papel mais flexível nas soluções da zona euro.

Christine Lagarde, a diretora do FMI, saudou o fato de os líderes lhe terem oferecido “recursos ilimitados” para lidar com a situação, em vez de colocar um valor concreto na mesa, como seja a duplicação dos atuais recursos.

A notícia que não traz nada de novo segundo o nosso entendimento, criou um certo constrangimento junto aos nossos irmãos portugueses também que andam  com grandes dificuldades econômicas.

Nem a Alemanha que faz parte do MCE se dispõe a grandes ajudas aos demais países por que países fora da Europa e considerados sub-desenvolvidos como aqueles que são do BRICA o fariam?

Ademais, as reservas internacionais brasileiras, insistimos, precisam mesmo serem aplicadas aqui mesmo tendo em vista a série de problemas graves que enfrentamos na saúde com o SUS que piorou demais nos últimos anos, com a educação pública que em média é horrorosa e assim por diante.

Temos que ser solidários com os europeus? Sim, é claro, mas na medida que também nos aprumemos internamente.

Cheira vingança como dizem os europeus sobre a negativa em princípio de ajuda do BRIC à Europa? Não, não creio, apenas que os países em desenvolvimento ainda vivem realidades inacreditáveis tendo ainda muita pobreza em boa parte da população.

No MCE, apesar da crise e desemprego, não existe situações de pobreza extrema e ninguem ainda está passando fome como por exemplo na África e nem vive com extremas dificuldades como em partes das populações dos países em desenvolvimento.

Tudo ao seu tempo e na medida correta. O sonho de vida europeu está se desfazendo por responsabilidade dos seus próprios governantes que criaram uma ilha da fantasia de prosperidade econômica infinita longe da realidade do Planeta e seus 7 bilhões de habitantes, sendo que destes 6 bilhões são considerados pobres perante o padrão de vida dos países ricos.

Muitos europeus se pronunciam nos fóruns as vezes “enfurecidos” por ter de ajoelhar por ajuda principalmente da China com seus trilhões de reserva internacional, as vezes constrangidos, as vezes envergonhados. O que é isto? É o orgulho ferido.

O Brasil deve ajudar sim, aplicando no FMI e tendo mais poderes de articulação sobre este capital, porém em valores que em absoluto não comprometam a nossa própria necessidade de investimentos a bem do povo brasileiro que ainda pena muito apesar de trabalhar e produzir muito e tem uma das menores rendas per capitas do mundo, insuficiente para dar um padrão de vida melhor aos seus cidadãos.

Quanto a Portugal e demais países europeus vão ter que se adequar a uma nova realidade econômica do mundo que tende a “equanimizar” a renda de todos os trabalhadores do mundo, sem exceção. Antes de aceitarem esta nova condição vão continuar com estes déficits contínuos em seus governos até não poder mais suportar.

Por Atama Moriya, em 04-11-11.

Anúncios
Esse post foi publicado em Crise econômica e marcado . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s