21 jun 11 – Situação da Usina Nuclear de Fukushima continua grave!

Angra dos Reis

Angra dos Reis

Relembrando o episódio do terremoto seguido de tsunami em março corrente, logo na primeira semana, técnicos de energia nuclear já alertavam que a situação de Fukushima era muito grave. A própria AIEA – Ag. Intern de Energ. Atomica – alertava quanto a necessidade de medidas mais sérias e que a evacuação da área em volta da Usina era imprescindível.

Somente a dez dias o governo japones e a empresa TEPCO que controla e explora a Usina admitiram que os reatores, 1,2 e 3, de fato fundiram logo após os eventos de 11 de março, algo que o mundo já vinha anunciando que estava ocorrendo mas que infelizmente o Japão tentava esconder e minimizar as consequências.

Ontem, vídeos foram postados mostrando uma enorme quantidade de fumaça saindo também do reator 4, uma situação que se prova muito grave.

Organismos internacionais que estão próximos a área da área de Fukushima fazendo acompanhamento e pesquisas sobre os efeitos desta radiação enorme que continua a vazar estão relatando o aparecimento de problemas graves nos nascimento de animais pós o evento de Fukushima. Além destas observações, nesta semana foram relatados vários casos de crianças que estão sendo atendidas nos hospitais apresentando problemas de saude, tais como sangramentos constantes pelas narinas, se são ou não relacionados aos vazamentos não tem como comprovar, porém, torna-se óbvio que pode ser diretamente relacionado a efeitos de acumulos de radioatividade no corpo.

Recentemente mediações realizadas no solo em Tókio demonstraram níveis de contaminação por radioatividade muito acima do permitido pela AIEA. Isto em Tokio que dista 160 kilômetros da usina.

Os russos estavam o tempo todo certos. Logo no inicio os técnicos russos alertavam que este tipo de evento é incontrolável e que era necessário tomar medidas urgentes para enterrar a usina em uma massa de concreto e cobrir posteriormente com grossas chapas de chumbo, e principalmente era primordial evacuar todas as pessoas num raio de 200 kilômetros, como fizeram em Chernobyl.

A Alemanha e deverá ser seguida por vários países europeus, pretende desativar todas as suas Usina Nucleares no prazo de dez anos. Ainda bem, mas e os outros??? Inclusive o Brasil, ao invés de desativar Angra, que opera com uma tecnologia super atrasada, pretende ainda criar outras Angras. Para quê???

Nos EUA, se não me engano em Nebraska, a Usina Nuclear está também apresentando problemas, mas as informações oficiais não são apresentadas. O povo que mora na região está muito preocupado e com razão.

Que fazer?

Por Atama Moriya, em 21-06-11.

Esse post foi publicado em "2012" - Fim de um ciclo, texto, vídeo. Bookmark o link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s