14 mar. 11 – Usina Nuclear do Japão pode estar fora de controle – possibilidade de “Síndrome da China”!!! Humanidade em perigo!!!

Não há muitas informações precisas do que está ocorrendo nestes três dias com a Usina Nuclear – sabemos que os reatores 1 e 3 explodiram e que o reator 3 está queimando combustível radioativo, muito radioativo, chamado mox.

A explosão foi de hidrogênio que se forma com a água de resfriamento sobre as barras de combustível e provavelmente as barreiras foram eliminadas e radiações devem estar sendo jogadas para fora neste momento, imagino.

Entretanto, queimando mox que é mais quente que o combustível de urânio e este mox em contato com ar vai queimar mais ainda e aumentar a temperatura cada vez mais, derretendo tudo, até a base da Usina, e criando um buraco no chão que prossegue queimando com a fissão nuclear, daí o nome da “Síndrome da China”, um buraco capaz de atravessar o Planeta.

Evidente que antes disto ele encontra com outro material, possivelmente água em alguma grande profundidade e então nova mistura explosiva se forma que pode provocar uma super explosão!!! Uau!!!

Qualquer super explosão decorrente de uma “Síndrome da China” e com risco de ocorrer em qualquer Usina Atômica do Mundo vai além dos danos de uma explosão nuclear, contaminar tudo a volta em distâncias quilométricas, e também vai lançar teoricamente um super coluna de fumaça radioativa na atmosfera que rapidamente seria levado pelos ventos e espalhado por todo o Planeta Terra, num evento sem precedentes e com consequências a médio e longo prazo imprevisíveis no sentido negativo.

Hoje os técnicos japoneses solicitaram ajudam de técnicos do mundo, principalmente americanos para ajudar a conter a situação em Fukushima, e vamos ficar torcendo que consigam, a bem de toda a humanidade.

A situação no Brasil – vamos aproveitar para tecer alguns comentários nossos

Hoje o mundo conta, oficialmente, com 545 Usinas Nucleares, e há dezenas de projetos em andamento em todo o mundo. Até no Brasil há muita pressão para a construção de novas “angras” em vários estados.

Eu pessoalmente não sou a favor de continuar a desenvolver a energia nuclear com fusão a quente. Acho que já temos tecnologias para tentar desvendar a fissão a frio, mas ainda faltaria muito em tecnologia para ser alcançada.

Entendo que é uma difícil situação de todos os países desenvolvidos posto que só podem abrir mão de energia atômica por usinas termoelétricas movidas a gás ou petróleo, o que é super danoso ao Planeta sob todas as circunstâncias também.

É difícil definir o que é pior neste momento.

Mas é certo que contaminações por radiações atômicas são levada pelo vento por mais cuidado que se tenha, e agravadas mesmo por explosões de dezenas de bombas atômicas desde a segunda guerra mundial (a maioria para testes) e todas devem ter contribuído muito também com a incidência de câncer, por exemplo. Existem já muitas pesquisas estatísticas a respeito mostrando claramente o aumento desta doença, principalmente nos últimos trinta anos, e continua a crescer.

Existem outros fatores que aumentam a incidência de câncer, sim, mas este aumento percentual é muito maior que o previsível e imaginável, e hoje atinge enormemente a faixa etária das crianças. Especial interesse da medicina há sobre a leuquimia, cuja incidência em jovens aumenta ao longo do tempo em áreas suspeitas de contaminação nuclear.

Pensemos agora, que se não tivéssemos nenhuma usina nuclear no mundo, nenhuma bomba atômica tivesse sido explodida, seria lógico imaginar que a incidência de câncer, principalmente em jovens, poderia ter sido minimizado a cinco por cento de todas as ocorrências?

Não tenho como provar, porque o “se” não existe, mas imaginar eu posso, e o faço com base em tudo que aprendi a respeito do átomo no estudo da teosofia.

Todavia, não podemos culpar as escolhas da civilização no passado, mas podemos estudar melhor as atuais escolhas, ou não?

Um pavoroso acontecimento como a “Síndrome da China” (um nome baseado em um filme que conta a estória de uma Usina Nuclear que foge ao controle do homem), se ocorrer, vai se espalhar sim, e atingir todo o planeta Terra e terá consequências gravíssimas, sim, para todas as gerações futuras e atuais, isto com certeza absoluta, pois é matemático e não um exercício mental.

Que tipo de energia você acha que o Brasil deveria priorizar?

Aqui quando vamos tentar implantar hidroelétricas, vem um monte de órgãos e ONGs caindo de pau, mas obviamente, embora poucos saibam, muitas americanas financiadas por um departamento americano que trabalha obscuramente.

Conheço bem, muito bem, pelo menos cinco usinas hidroelétricas do país, incluindo Itaipu e Tucuruí e posso dizer que há danos ao meio ambiente sim, mas danos remediáveis e contornáveis e somados são bem pequenos com relação aos benefícios que traz a energia elétrica.

As usinas hidroelétricas em construção ou em planejamento como Belo Monte, Tapajós e Rio Madeira são fundamentais para a região norte e oeste do país para enfim levar o progresso àquelas regiões. Sem energia elétrica abundante não há como se pensar em instalar indústrias por exemplo. Não podemos ficar de braços cruzados enquanto milhões de brasileiros deixam de serem beneficiados pelo desenvolvimento. Quem reclama pode ter a certeza que nunca passou fome na vida.

Produção de energias alternativas como eólicas estão sendo construídas no mundo, como o projeto de Barcelona (uma cidade turística), mas ainda não atende quando necessita-se de alta produção. Mas ajuda, sem dúvida. E no Brasil já temos um grande projeto em andamento no Sul e outro no Nordeste. Mas esta tecnologia também necessita de aperfeiçoamentos tecnológicos; acho que o rendimento é baixo ainda.

Espero que a Presidente Dilma emperre as novas usinas nucleares no Brasil, embora com novas e modernas tecnologias, penso que podemos passar muito bem sem isto aqui no Brasil.

Por Atama Moriya, em 14-03-2011.

E.T. Hoje a tarde foi confirmada a explosão do reator 2 de Fukushima. Preocupante.

Anúncios
Esse post foi publicado em "2012" - Fim de um ciclo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para 14 mar. 11 – Usina Nuclear do Japão pode estar fora de controle – possibilidade de “Síndrome da China”!!! Humanidade em perigo!!!

  1. keybison aleff disse:

    eposivel que isso pode tre agontesido

  2. Atama Moriya disse:

    Claramente a energia nuclear hoje é importante. No caso de Fukushima, a Usina responde por 30% do consumo do Japão e lá concordo que não há hoje outras tecnologias. Mas Angra e outras Angras no Brasil (prevê-se pelo menos mais três – norte, centro-oeste e interior de São Paulo) são absolutamente substituíveis por gerações por outras fontes. Em termos de engenharia sempre se busca 110% de segurança, mas isto possível? As máquinas não são produtos da engenharia humana? Em sendo assim, não estariam sujeitas a erros e enganos como os humanos?
    Abs. AM.

  3. Atama Moriya disse:

    Agradeço ao comentário. Você tem razão quanto a Tesla e seu maravilhoso trabalho que muitos ainda estão tentando desvendar. Consta que uma poderosa empresa de energia americana que o financiava deu sumiço em vários de seus trabalhos e por isso mesmo ele se demitiu dela. Houveram no mesmo periodo 56 grandes físicos incluindo Tesla, Einstein, Von Braun e outros como o americano que fez importantes experiências com campos magnéticos. Antes dos 56 físicos tivemos uma onda de 56 grandes musicos como Wagner, Lizt, Bethoven, Salieri, e outros. E assim também em outros campos da humanidade passada. Estes caras fizeram de fato “a diferença”. Quem sabe a nova leva de vários “56” surja agora neste século? Seria ótimo que isto voltasse a acontecer, pois é de seres humanos de verdade que contribuem com alguma coisa importante é que estamos necessitados. A maioria se reduz num criticismo e vão passar a vida apenas nisto, sem nada de novo para contribuir para tornar este mundo melhor.
    Conhecer a fundo quem somos, por que nascemos, por que vivemos e por que morremos é fundamental para os seres humanos que desejam evoluir mentalmente.
    A maioria, infelizmente, pensa que pensa e morre com seus velhos conceitos sem nunca tentar aprender algo a mais. É a ignorância que detém o mundo e não a inteligência, por isto estamos neste ponto de inflexão.
    Abs.
    AM.

  4. infokarlos disse:

    A energia nuclear não é solução viável desde seu início, haja visto tantos riscos e problemas envolvidos, sem contar o lixo radioativo que toda usina produz, países que se utilizam dela, só o fazem por não terem outra alternativa consistente. E quando se fala no programa nuclear Brasileiro então, é bom lembrar que as “Angras”, são na verdade verdadeiras sucatas vendidas ao brasil pela alemanha, que obviamente nunca desejou transferir de fato a tecnologia, prova disso é que elas tem um funcionamento “meia boca”.
    Igualmente grave é a retomada do programa nuclear, que ficou paralisado por mais de duas décadas, imagine você começar a construir um chevete, por exemplo, parasse sua construção, e voltasse a fazê-lo vinte e cinco anos depois…Ora, a tecnologia já estaria defasada e parte do que foi feito estaria estragado, pois é… É mais ou menos isso que significa retomar a construção das usinas paradas.
    Eu até não sou contra a energia nuclear, mas o que se vê hoje em dia é a busca do lucro fácil, o que significa investir muito pouco em aperfeiçoamento e segurança.
    Enquanto a energia nuclear não alcançar patamares de segurança mais elevados (100 % estaria bom), e não descobrirem como neutralizar a radiação, e por consequência o lixo nuclear, melhor pararmos por aquí mesmo!

  5. nº Zero disse:

    A maior pesquisa da carreira de Tesla foi a transmissão de energia elétrica sem fio… Energia livre para todos.
    Todos sabem como acabou o idealizador dela.
    Não sei em que situação ficou o projeto e com quem ele ficou.
    Um dia, quando houver altruismo por parte dos “grandes empreendedores” e se isso não for tarde demais, quem sabe esse projeto será retomado.

  6. izildinha disse:

    É lamentável que esse Planeta tenha sido regido por pessoas que buscaram o progresso de maneira tão estúpida e destrutiva.
    Que no ímpeto de serem os maiores sempre desenvolveram o pior…
    Pessoas que priorizaram poder e terceirizaram as vidas…Aonde nós iremos agora?
    Onde esconderemos nossos filhos?
    Nossos netos ficarão onde?
    E Deus?
    Que segundo Gênesis viu que tudo isto era bom…
    Frutas deliciosas, flores maravilhosas, pôr do e amanheceres…E não vimos nada disso.
    A beleza das fontes a brandura dos mares…
    Edificamos templos para provar que o Deus de uma religião é melhor do que o Deus da outra.
    Tudo por vaidade humana!
    Não conseguimos sequer,respeitar o próximo que também seriam as proximidades,demos prioridade á um egocentrismo desmedido em nome de países,religiões…Nos dividimos em raças e sub raças
    Colocamos o homem como centro do Universo e nos esquecemos que sem essa máquina perfeita da vida em cadeia não viveríamos.
    Só nos resta esperar que Deus tenha piedade e que consigamos resfriar nossos reatores humanos e tomemos algumas medidas para nos reciclarmos urgentemente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s