03/03/2011 – Nova subida da taxa selic é um grande erro – um assalto à mão armada a luz do dia

É mesmo incrível a falta de imaginação do governo e do Banco Central com esta contínua política de aumentos da taxa selic, que ora já está em 11,75%. A justificativa é sempre a taxa de inflação: barbaridade!!!

Se observarmos nos ultimos meses o que mais pressionou a inflação foi o preço dos alimentos, como da carne, café, arroz, soja, açucar, milho e trigo.

Só a cesta básica de alimentos teve um aumento no final de 2010 de 15%, e ademais, graças aos gatilhos do IGPM, os serviços básicos como luz, telefone, água e outros subiram 11% em 2010.

O consumo está alto? que consumo? Tem de analisar caso a caso. Se é de supérfluos, roupas e outros? Devíamos trabalhar especificamente para reduzir a inflação. Como os dados desta inflação não são publicados nos mínimos detalhes, ficamos sem saber, mas dá para imaginar que por outro lado, o crédito ao consumidor anda muito à solta e ela pode ser ajustada com limites.

Com o aumento dos juros, somente aumenta os custos do crédito, e cada vez mais o povo vai empobrecendo, com parte de sua renda sendo sugada pelos juros, tal como já aconteceu nos países ricos.

Aumentar os juros também somente acresce as despesas do governo e obriga a mais e novas arrecadações de impostos.

Alimentos nada tem a haver com a taxa de juros, os preços estão aumentando no mercado internacional há meses e vai continuar subindo. Somente no mês de fevereiro o aumento médio foi de 2% no mercado mundial de comodities. Aumentar a selic não muda nada.

Os alimentos do cinturão verde das cidades sobem também em função dos aumentos de preços dos insumos e  custos de transporte e não é a taxa selic que vai mudar isto e cada vez que sobe, menos capacidade de compra o consumidor tem. Tem de ter políticas específicas e não medidas monetaristas.

O país tem melhoras, sim, mas uma parte da população com baixa renda vai passar fome neste ano, pois sua renda será insuficiente para comportar todos os aumentos que estão ocorrendo no mercado. O cobertor é curto e nesta faixa de renda não há aumento real algum.

Falta uma política econômica específica para a população de baixa renda que é tratada como se fosse a responsável pela inflação. A renda familiar mal comporta o pagamento da conta de luz e água.

O nosso Povo é muito passivo, passivo até demais.

Na grande São Paulo a passagem de ônibus e metro já custa o equivalente a 1,80 dólares cada. Um absurdo total, mais caro que nas maiores cidades do mundo, na média mais caro que em Tóquio. Só que lá a renda média é uma das mais altas do mundo, umas vinte vezes maior que a nossa. Sem contar que o serviço de transporte aqui oferecido é um dos piores do mundo, uma vergonha para aquela que é a maior cidade da América do Sul, e uma das maiores do mundo.

Este é um país maravilhoso e em grande fase, mas os governos municipais, estaduais e federal são ridículos e não fazem jus a este povo.

Por Atama Moriya, em 03/03/2011.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em texto e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s