O Pior destas Eleições 2010

Estou muito preocupado com as constantes transmissões destes e-mails agressivos e truculentos, já tinha visto isto nas campanhas anteriores, mas agora está demais.

O método usado para convencimento das pessoas é usar de terror e foge completamente do debate de idéias e projetos.

Ninguém menciona a guerra “cambial mundial” que é gravíssima e a médio prazo poderá levar o mundo a uma depressão pós crise 2008 e como pretendem combater esta guerra e como o Brasil poderia se safar desta.

Ninguém discute o problema desta taxa Selic absurda que está causando desemprego, invasão de especuladores em massa, aumentando a falta de competividade brasileira, principalmente de pequenas e médias empresas que não tem suporte financeiro para baques de 2 a 3 pontos a menos, além do que esta taxa está causando super elevação dos juros internos e da dívida interna e é o grande motivo desta entrada de divisas especulativas, e pelo contrário do que dizem, neste cenário atual, não segura a inflação e reduz mais ainda a possibilidade de crescimento dos salários reais.


Ninguém discute as propostas para administração do fundo soberano e de onde sairão os recursos.

Ninguém discute a super ortodoxia econômica baseada em suposto neo-liberalismo que não é adotado mais em nenhum país do Planeta.

Ninguém discute o super favorecimento a bancos e investidores a despeito dos meios de produção.

Ninguém discute estas super taxas de impostos de consumos em bens e serviços que necessitam serem dramaticamente reduzidas e até retiradas de alimentos básicos.

Ninguém discute a necessidade de aumento das taxas de Impostos de Importação para proteção do mercado interno, inclusive de produtos de países da América do Sul não integrantes dos Mercosul.

Ninguém discute a limitação para as linhas de crédito de bens e serviços para conter o elevado endividamento da população que já atinge a média de 15 rendas anuais, as limitações para uso de cartões de crédito e até financiamentos da casa própria que explodiu o mercado imobiliário. Ao menos temporariamente temos de limitar o crédito, uma medida extremamente impopular, mas necessária. Estamos no caminho dos americanos e neste ritmo teremos crise igual em quatro anos no máximo.

Ninguém discute programas agrícolas para pequenos e médio agricultores, uma nova política para a COBAL para conter a inflação. Investimentos em industrias de fertilizantes e adubos sem necessidade de importações de fósforo, potássio e nitrogênio que correspondem a 80% de nossas necessidades e nos torna dependentes de cartéis agrícolas mundiais que comandam os preços das sementes, custo de produção e commodities de alimentos.

Enfim, ninguém discute nada de importante mesmo. E tenho a impressão que nenhum candidato quer realmente mudar alguma coisa importante até mesmo para não se indisporem com as elites que os apóiam. Aliás, tenho a certeza que nenhum deles vai mudar coisa alguma de importante e vamos sentar esperando um novo milagre acontecer ou uma nova super crise mundial que nos atinja também.

Mas este e-mails e mensagens da internet apenas estão exarcebando o antagonismo, a raiva e o ódio de brasileiro contra brasileiro. Estamos dividindo irresponsavelmente o país em duas partes. Há muito ódio nas palavras, muita raiva. As manifestações passaram do ponto e podem levar a grupos se agredirem no meio das ruas, como torcidas organizadas. Precisamos parar de retransmitir este e-mails.

Cada um deve votar em quem quiser, e devemos respeitar o voto dos outros e não tentar impor a nossa vontade sobre os demais. Isto não é ético e moral, mas antes de tudo uma enorme imoralidade cristã.

Religiões se meterem com isto é o fim da picada, já que quando assim o fizeram na Idade Média causaram um atraso gigantesco na evolução humana, sem contar as atrocidades de queimar vivos os inimigos, trucidarem os cários, e sem esquecer a noite de S. Bartolomeu. Por causa das religiões se meterem em política tivemos e temos hoje este crescimento do novo racionalismo mundial que congrega por exemplo na Europa mais de 35% de ateus. Há países da Europa que estes movimentos querem até mesmo expulsar a Igreja Católica, até por conta de mais de 300 mil ações de pedofilia. É a contra partida.

Pastores evangélicos que vendem ingressos para os céus que estão conclamando voto contra este ou outro candidato e também Bispos ditos católicos ferem o princípio da lei de Deus que é o livre arbítrio humano. Se até Deus respeita isto sobre todas as ações humanas, porque religiosos estão fazendo isto?

Vamos mergulhar novamente no obscurantismo religioso?

Amigos, precisamos de paz e tranquilidade e sobretudo evitarmos o acirramento dos ânimos de quem quer que seja, evitando enviar mais provocações pela internet, mídia ou verbalmente pelas ruas.

Vamos evitar todas as formas a implantação de cizânia entre o Povo Brasileiro posto que unidos seremos invencíveis qualquer que seja o nosso Presidente ou políticos do nosso Congresso.

Vamos tentar acalmar todas estas discussões, ataques e agressões a bem do Povo que somos todos nós. O mundo passa por uma das maiores transformações de toda a sua história, e é momento de União e Paz na busca pelos melhores objetivos comuns. O confronto é a solução dos covardes e canalhas que não tem respeito algum ao próximo e validam apenas seus próprios conceitos mesmo que dos outros também tenha um grande valor, como, aliás, nos ensinou o Grande Mestre Jesus.

Por Atama Moriya, em 21-10-2010

Anúncios
Esse post foi publicado em A falsa democracia brasileira e marcado . Guardar link permanente.