2004: Um Cientista russo previu 1 bilhão de mortes por gripe suína – vamos comentar esta notícia exagerada e alarmante

“Um cientista russo previu o início da pandemia da gripe dos suínos em 2004, quando disse que o vírus mortal da gripe das aves provavelmente iria misturar-se com o vírus humano da gripe no organismo de um porco.

O professor Dmitry Lvov do instituto do Virologia da Academia de Ciências russa, falou em uma conferência em outubro 2004 e disse que uma pandemia da gripe mataria até um bilhão de pessoas dentro de seis meses, relatou o Newsru.com.
Lvov disse que a pandemia possivelmente aconteceria em 2005 ou nos seguintes cinco anos.

“Nós já temos visto os vírus existentes da gripe gerar um novo que causasse uma pandemia. Falta apenas uma etapa antes da catástrofe pandémica global,” disse.
De acordo com Lvov, a pandemia provavelmente poderia ser causada por uma mutação do vírus da gripe das aves H3N2.
“A gripe aviária matou milhões de pássaros no Sul da Ásia, e por exemplo, 45 seres humanos foram contaminados com a gripe das aves, 30 deles morreram, mas seria muito mais grave se o vírus começasse em uma população de porcos,”disse Lvov.
O vírus da gripe das aves não é muito contagioso para seres humanos, academicamente explicando. Mas os porcos eram “incubadoras ideais” para produzir uma haste nova do vírus, muito mais mortal do que H5N1 ou H3N2.
Os “suínos são presas fáceis para a gripe humana e aviária. Se um porco apanha ambos os tipos de vírus, há provavelmente uma reacção, ou a mistura de dois vírus. Então o vírus novo é facilmente espalhado de pessoa a pessoa. É assim que começa uma gripe pandémica.”

Fonte:

http://www.russiatoday.com/Top_News/2009-04-28/Scientist_predicted_swine_flu_in_2004___RT_special_interview.html

http://port.pravda.ru/russa/28-04-2009/26864-cientistarussogripe-0

http://port.pravda.ru/science/29-04-2009/26883-gripevacina-0

 

Comentários nossos:

Com relação a esta gripe derivada de uma possível mutação nos suínos temos pelos dados atuais que não é tudo isto que se teme. O numero de infectados certamente é maior do que se divulga e o numero de mortes somente tem sido alto no México, cerca de vinte pessoas. Mesmo assim, percentualmente é baixo se considerarmos que bem tratados os doentes nenhuma morte causa.

Todas as medidas para evitar a super-propagação são importantes, ou seja no sentido de diminuirmos ao máximo a velocidade da propagação, porque os recursos em termos de medicamentos e hospitais no mundo inteiro são baixos, apenas por isto como medida inteligente. Mas a gripe agora denominada A não é tão grave a ponto de causar notícias tão extremadas como as divulgadas.

O próprio pesquisador russo, excelente por sinal, apenas colocou como hipótese, a qual não se concretizará. Portanto, não cabe nenhuma super-preocupação como a mídia de certa forma exagera e assusta as populações.
O ser humano tem verdadeira paixão pela morte, posto que isto os fascina pela sua própria falta de entendimento do que ela representa, e ao mesmo tempo, tem normalmente verdadeiro pavor extremado de morrer.

O medo de adquirir doenças fatais é muito grande na maioria das pessoas, mas nem de todas. Uma boa parte das pessoas encaram tudo de forma mais natural e não detém este medo ou porque já superaram este temor ou porque inconscientemente compreendem mais as leis da vida ou possuem mesmo uma crença maior em Deus que se resume em ter fé.

Gostaria de escrever mais sobre a morte em si e o que ela representa no esoterismo, mas está faltando tempo e vou deixar para outra oportunidade.

Mas uma coisa é certa: ninguém passa por situações ruins e desesperadoras se realmente não tiver que passar posto que o Criador não bota os filhos no mundo e os deixa viver e sofrer de forma aleatória. Tudo tem lógica e uma razão de ser matemática que ainda sequer arranhamos em compreensão.

Não creio mesmo que uma simples gripe por maior que seja a variação mutante com animais possa de fato oferecer risco à vida, mas pode sim surgir algum tipo de doença criada e desenvolvida pelo próprio ser humano que se torne verdadeiramente terrível, posto que os vírus e bactérias são elementais simbiontes com o comportamento mental do ser humano. E mentalmente o ser humano atual está doente, muito doente em valores de vida, daí porque tudo pode acontecer mais para frente, não acham?

Não devemos nos preocupar desta maneira terrível com esta gripe, apenas nos prevenir com uma super propagação para evitar sofrimentos e dissabores que podem ser evitados, apenas isto.

Mortes por gripes segundo a OMS acontecem a razão de 250 a 500 mil por ano no mundo, portanto isto não é nenhuma novidade. Deveríamos mesmo nos preocupar e continuar a vigiar outras doenças que hoje matam muito mais como o câncer e outras enfermidades ditas extintas que estão voltando com força como a peste negra, lepra, e cancros.

Devemos nos preocupar e agir também no sentido de eliminarmos problemas na própria sociedade desigual em que vivemos onde milhares de humanos matam outros milhões de seres humanos todos os anos ou por homicídios, ou por guerras, ou por drogas, tráficos, fome e miséria. Nos tempos atuais o maior assassino de homens é o próprio homem. Será que isto não é mais importante para se preocupar neste momento?

Vejam o caso das bebidas e cigarros; se está comprovado cientificamente que são muito mais nocivos do que se imagina e se divulga, por sinal terminam causando milhões de mortes por ano, por que a humanidade, ou as sociedades continuam a fabricá-los? Se deixassem de existir hoje, os que vivem com estas necessidades certamente iriam sofrer, mas o que nascem a partir de agora nem iriam conhecê-los e dele não sentiriam falta, ou estou errado? Certamente as gerações futuras seriam mais saudáveis.

Mas entendo que a humanidade deste momento não consegue abrir de nada de si mesmo que possa trazer benefícios aos próximos, mesmo que estes próximos sejam as suas próprias gerações futuras. Está cada dia mais difícil acreditar que podemos melhorar no futuro. Que futuro? Tem crise para tudo que é lado, e nem sabemos se vamos existir dentro de cinqüenta anos e nem ao menos estamos preocupados se nossos filhos e netos vão conseguir sobreviver.

Por Atama Moriya, em 05-05-2009.

Anúncios
Esse post foi publicado em NOTÍCIAS, O Homem Simbiótico, texto e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para 2004: Um Cientista russo previu 1 bilhão de mortes por gripe suína – vamos comentar esta notícia exagerada e alarmante

  1. paulotato disse:

    Como todo cineasta vive de ficção esse é um deles.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s