Sobre esta crise econômica mundial que se alastra para o pior

Meus caros leitores, não há neste momento qualquer previsão futura sobre o desenrolar desta crise financeira mundial que se alastra de forma incontrolável. Tudo pode acontecer em poucos meses ou anos, e já não há dúvidas que os chamados países ricos são os que mais sofrerão conseqüências. As taxas de desemprego em muitos países da Europa já devem estar batendo os 15%, sem contar que há perspectivas de pioras e creio mesmo que podem atingir patamares maiores ainda em pouco tempo.

Em 21 de janeiro deste ano iniciei o tópico “Desafios desta Humanidade” e recomendo que o leiam caso queiram entender melhor o meu ponto de vista. Não estou aqui para convencê-los de nada, absolutamente nada, mas desejo que a expressão de meus pensamentos possa criar um ponto de reflexão em vossas mentes no sentido de compreenderem racionalmente a crise que mundo passa e até como forma de não se intimidarem e nem se amedrontarem nos anos que se seguirão.

Desafios da Humanidade/

Mantenham a calma que tudo se resolverá a bem de todos e para o melhor da humanidade ao longo dos próximos anos, sendo os três mais próximos serão inesquecíveis, pois impulsionará todas as economias em novos patamares que servirão de base nas próximas décadas na criação paulatina de níveis e estruturas econômicas que possam trazer maior bem-estar à população do planeta.

Diante do que ocorrerá em outros países, o que o Brasil e os países do MERCOSUL sofrerão será absolutamente “fichinha”. Por quê? Porque estamos preparados para estas transformações, embora isto ainda seja apenas um sentimento por hora, é uma realidade: todos os países latinos já sofreram inúmeras crises econômicas e dela sobreviveram e por isso mesmo temos mecanismos já criados anteriormente que se colocam em ação espontaneamente e nos permitirá manter condições estruturais de forma a manter em situação razoável a população com trabalho e alimentação, fato que não ocorrerá em muitos países por falta destas soluções informais na economia.

Segue trecho retirado da parte 1 – Desafios da Humanidade

Jamais nos sistemas atuais, seja capitalista, liberal, neoliberal, comunista, socialista ou social democracia encontrar-se-á um ponto de mais equilíbrio quando nos referimos ao ser coletivo planetário, quando nos referimos aos 6,5 bilhões de seres humanos que o compõem. Não há métodos dentro dos sistemas atuais econômicos capazes de produzir riqueza e prosperidade para a quase totalidade. Não se deseja cem por cento porquanto o homem imperfeito deve permanecer sempre na busca de sua própria perfeição, mas se busca sob o ponto de vista de equanimidade algo sustentável, fato que enseja atingir esta equanimidade em mais de 90% da população, caso contrário, volta ao ciclo de crises contraditórias na economia.

Enquanto as economias dos países não resolverem a questão de equanimidade econômico-social jamais o homem poderá buscar a sua própria e individual equanimidade pessoal de viver e bem viver.

Não é preciso força, nem criar revoluções de pensamentos, pois que estes se alastram a olhos vivos em todos os lugares, países e situações por si só.

Observem que todos os sistemas atuais estão virtualmente falidos sob o ponto de vista de equanimidade econômica. Se estão falidos é porque estão baseados em falsos pressupostos, que podem ter parecido verdadeiros em outros tempos, mas hoje se mostram esgotados e em vias de implodirem por si só em função da pressão social que aumenta diariamente. Por quê? Porque os sistemas atuais atendem apenas uma parcela pequena das sociedades e sendo errôneos, em breve se auto-destruirão.”

Por Atama Moriya, em 10-10-2008.

Leia também

Como ficamos com a crise economica mundial? O que tem para ser salvo

A deturpação econômica mundial reflete a deturpação mental moderno

Home

Anúncios
Esse post foi publicado em Desafios da Humanidade e marcado , , . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s