O mundo é uma ilusão ou as pessoas vivem iludidas?

Ouve-se muito falar por aí que a vidas é uma ilusão e que tudo sendo passageiro não deveríamos levar a vida tão a sério. Mas não é bem isto.

O mundo não é uma ilusão, ele existe de fato, todavia, as pessoas para poderem se suportar, suportar a si própria com todas as infantilidades e suportar as infantilidades dos outros criaram, ao longo do tempo, uma ilusão individual e coletiva de vida.

Enquanto não houver um mínimo de consciência própria desenvolvida em níveis superiores à média atual que equivale a apenas 5% do que se pretende atingir no futuro, os seres humanos continuarão a perambular sobre a face planetária ainda vivendo sem saber por que nasceu, por que vive e o que está fazendo aqui, e por que morre. E não compreendendo nada sobre seus propósitos de vida e de existência, acreditando que foi por mero acaso que nasceu e por mero acaso envelhece e morre, simplesmente vai continuar a viver criando ‘ilusões’ para tornar sua própria vida ‘digerível’, daí os comportamentos tão infantis que observamos nos dias atuais, os quais já enumerei até demais neste blog.

Há toda uma estrutura social criada e montada pelas civilizações, algo que chamamos de cultura e nela convivemos, pensando que a nossa vivência é mesmo verdadeira. Será?

Com certeza você está vivo, está defronte ao seu computador neste momento, tem família, trabalho, enfim tudo que a estrutura social impõe como padrão e coloca a sua disposição uma estrutura para que você possa viver e desfrutar de trabalho, conforto, família, dinheiro para comprar bens, dinheiro para o seu lazer, hospitais para tratar suas doenças, enfim, tudo para que isto aqui possamos chamar de civilização.

E você acorda de manhã, faz um café, come um pãozinho, e chega ao trabalho, e durante o dia nada mais pensa, além do trabalho, talvez uns telefonemas para os amigos, familiares, e outras pessoas que interagem nesta convivência.

E depois vai a uma escola ou volta pra casa, onde reencontra sua família, troca umas idéias, assiste sua “novelinha” ou algum programa esportivo, depois vai dormir e lá vai você para um novo dia seguinte. Eu disse um novo? Que novo? Não parece que é sempre igual? Você tem certeza que sabe o que está fazendo?

Embora a raça ariana possa de fato ter surgido (não por acaso), sobre a face do planeta há uns cem mil anos, efetivamente nos conhecemos como civilizações desde há uns dez mil anos, e dez mil anos é tempo bastante para criar uma consciência evolutiva, um saber mais profundo e deixar de continuar a viver como robôs, sendo constantemente, o tempo todo, manipulados por outros robôs mais espertos, mas tão inconscientes quanto, a ponto de criarem toda uma estrutura em volta da falsa estrutura de vida em que vivemos.

Há pessoas ditando o tempo todo o que devemos ou não fazer, ditando como você deve viver, que tipo de tecnologias você já pode usufruir, como estabelecer laços de escravidão mental para doutriná-lo, quais as roupas que você deve vestir, que cores serão as da moda, que tipo de filmes você pode assistir, o que você pode saber limitadamente, que tipo de cenourinha vão jogar pra você correr atrás, quais as religiões que podem existir, enfim, você ainda não percebeu que pessoas, como você, andam o tempo todo ditando regras e de tal maneira o fazem que você permanece este tempo todo realmente acreditando nesta falsa realidade.

Isto está te parecendo a teoria da conspiração? Não, não é a teoria da conspiração, posto que isto é a nomenclatura criada para desacreditar tudo aquilo que possa partir para um despertar de realidades e, claro, criada por pessoas que compreendem que nada compreendem, mas se encontram em situações confortáveis para verem-na mudada. Mas isto não tem importância porquanto as pessoas preferem ficar iludidas e criarem suas próprias ilusões do que se esforçar para entender o que se passa na humanidade.

Assim sendo, está tudo certo. A realidade exterior desta humanidade, as estruturas, as civilizações e culturas só mudam a partir do momento que mudarem as realidades interiores individuais da maioria dos cidadãos do Planeta, não antes, nunca.

Grupos econômicos poderosos se reúnem e acertam o preço do petróleo, acertam que rumos a economia deve tomar, combinam estratégias de guerra, vendas de armas (um mercado de trilhões de dólares anuais), combinam facilidades e dificuldades no comércio exterior internacional, programam para onde os capitais devem migrar por seus interesses, criam situações de escravização econômica dos povos, ditam regra de novas tecnologias que devem prevalecer e toda sorte de questões políticas a nível mundial. A este movimento chamamos de “Domínio”.

Através deste domínio são criadas teses de desenvolvimento social e a manutenção de velhos paradigmas e crenças populares que facilitam estas ações. Daí porque surgem neste momento vários movimentos independentes, em oposição, buscando despertar a massa, num trabalho de “formiguinha” que a curto e médio prazo não terão nenhuma valia, mas quem sabe dentro de décadas, porém, estes movimentos são importantíssimos e vão marcar presença na história desta humanidade a ser contada ainda em futuro distante.

Ao homem, no atual nível de consciência e infantilidade, não é permitido e possível ele criar alguma coisa de importante no mundo, portanto, tudo que ele é capaz de criar por conta própria é somente ilusão.

Por exemplo, grupos econômicos, por exemplo, combinam a quanto o petróleo será vendido até o fim do ano, e lá vai todos a lamentarem a situação, criam alardes, situações de escassez, situações de endurecimentos econômicos e outras conseqüências nas economias, mas saiba que foi planejado, e certamente tem um direcionamento, e não é nada por acaso, por sorte ou azar que as coisas acontecem, tolice é imaginar que forças se juntaram por acaso na economia.

E tantos outros exemplos poderíamos citar, mas que adianta?

O principal e importante é que as pessoas devem re-pensar todos os seus paradigmas e crenças de vida e existência caso realmente queira compreender o que se passa na humanidade, onde alguns poucos milhões se esbaldam e riem o tempo todo, e outros bilhões vivem feito baratas robotizadas pelo mundo, e muitas centenas de milhões morrendo de fome, de guerra, de peste, de homicídios, de drogas, etc… quem está vivendo a realidade de quem?

Poderíamos citar o exemplo das drogas poderosas que foram criadas no século passado, e vocês acham que foram os índios colombianos que sabiamente a produziram, criaram o refino, etc…? Pense e saberá mais e não viva criando continuamente ilusões ou sempre acreditando nas notícias divulgadas, nos livros de história no que a mídia inventa, mas procure viver conhecendo as ilusões que alguns criam para você se “esbaldar” na maionese.

Viver com o máximo possível de consciência é que permite a evolução do homem, individualmente. Mas viver atrelado as coisas que a massa faz e pratica sem nem ao menos saber se é bom, é continuar fazendo parte apenas da coletividade manobrada.

A vida é uma ilusão? Não, a vida é real, mas essa estrutura atual é uma ilusão sustentada pelos iludidos, sem consciência, e criada por uns poucos que se consideram mesmo conscientes, mas também estão enganados.

O ser humano não necessita de ilusões para viver e bem viver e ter suas experiências evolutivas, ele necessita somente de esperança, mas a esperança calcada na racionalidade e na lógica divina que é trilhões de vezes superior ao dito movimento racionalista que nada mais é que outro instrumento de ilusão que cria um falso “chão” para pisar.

E durma-se com este barulho.

Atama Moriya.

Home

Anúncios
Esse post foi publicado em texto e marcado , , . Guardar link permanente.

8 respostas para O mundo é uma ilusão ou as pessoas vivem iludidas?

  1. Atama Moriya disse:

    Caro Luis Alfenas, muito bom o ponto que você levantou. E esta é uma das chaves da vida. compreender a razão de Deus é o que dezenas de grandes homens vem fazendo a séculos. Não será isto que Cristo veio ensinar? antes tivemos Confuncio, zoroastro, sócrates, Platão e seguimos com São Francisco, Santo Agostinho Dante, Shakespeare, e dezenas de tantos outros como Goethe, Kant e na maior das expressões HPB em sua monumental obra a Doutrina Secreta. Tentar compreender de onde você veio, o que você está fazendo aqui e para onde você vai, seria o básico para tentar compreender então a Razão de Deus, ou pelo menos tentar por anos a fio, antes de acreditar que tudo é irreal. Sem esforço nada se conquista. Abs.

  2. Luiz Alfenas disse:

    O que é para você a racionalidade divina? Seria mais uma ficção para empurar o homem para fora da realidade?

  3. Rodrigo Alves disse:

    É meus caros, essa é a nossa verdadeira realidade, da qual deveríamos nos libertarmos.

    Vou citar 3 grandes frases que dizem a mesma coisa:

    Conhece-te a ti mesmo (Sócrates)
    Encontre a sua própria luz (Buda)
    Conheceis a verdade, e a verdade vos libertará (Jesus Cristo)

    Acham que elas e tantas outras estão aí por acaso?

    Quem quiser conversar melhor sobre isso me adiciona no msn:
    rodrigoaodonascimento@hotmail.com

    E deixo uma frase minha para refletirem:
    A grande massa prefere apenas aceitar as imposições, pois lutar pela verdade é muito mais difícil e causa medo.

    Abraços

  4. Alexandra disse:

    ” Não é bom sinal de saude ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente” .
    Fé e confiança no futuro , porque somos cada vez mais a estar acordados.

  5. Levi Heredia Paes disse:

    sinto o mesmo, mas como posso viver assim? a verdade pode tanto ser boa quanto ruim, talvez por mero medo dela criamos essa ilusão. Não são todos e nem sei quem está preparado realmente pra essa realidade, vivo pensando nela e quando faço isso são poucos que me entendem ou querem entender, o problema está em eu não está preparado pra ela, vira uma loucura, em meus pensamentos quero lutar pela verdade mas sei que isso pode ser mais difícil do que parece, a vida é muito complexa e talvez, so talvez eu esteje ficando louco por tanto que existe e as pessoas fujindo dela, me sinto distante em onde quer que eu va e pelo menos o meu desejo era encontrar pessoas, uma vez na vida, que me entendesse, que enxergasse a realidade da vida. Mas tabém sei que a ilusão realmente não nos da muito, porque acredito que ela verdadeiramente nos traz um certo prazer!O que seria de nos se somente pensassemos na realidade? Posso estar completamente insano mas sei que sozinho eu não quero estar!!

  6. Noé ferreira da cruz junior disse:

    Esse texto me ajudou muito. vou orientar meu amigo, Rodrigo nogueira martins. ele mora em douradina e precisa dessas palavras amigas,ele vive em um mundo que ele proprio inventou. obrigado até mais!

  7. Atama Moriya disse:

    Guilherme, você foi muito feliz em seus comentários. Parabens pela lucidez, uma qualidade incomum nos tempos atuais.
    Tudo é mental, segundo a principal lei que governa o Universo, e concordo plenamente que o nosso alimento é mental.
    Seja bem vindo para novos comentários.
    Atama.

  8. Guilherme disse:

    Olá Atama Moriya,

    Achei interessante seu texto e realmente nos leva a pensar até que ponto nossas atitudes e pensamentos são influenciados por tudo o que está em torno de nós. Mas me pergunto se basta apenas saber que o controle existe… O que realmente é necessário fazer para quebrar isso? Por que na sociedade quem é diferente acaba sendo insano e pagão.
    Eu acredito que a música, a arte, a poesia e a amizade verdadeira são formas de se quebrar esse controle.
    Mesmo que determinem um padrão comportamental, será sempre a nossa decisão final aceitar o padrão ou não.
    E como todos nós convivemos nesse mesmo mundo, e nos encontramos em um estágio evolutivo muito precário, apenas uma movimentação global, acredito, como um desastre natural poderia nos fazer recordar as coisas que realmente são relevantes, que é a saúde física e mental, pois não basta apenas que uma ou outra pessoa seja consciente do mundo, todos devem desenvolver suas idéias para nos elevar-mos. Me parece que os seres-humanos são naturalmente destrutivos, e costumam deixar-se levar pelo lado negativo das situações, por uma visão imediatista.
    E todos parecem ser assim. Me pergunto como será o fim… é difícil não desanimar e não se perder em um caminho irregular cheio de altos e baixos, mas tenho certeza de que a chave das mudanças encontra-se nos pensamentos que alimentamos, e não na água em que bebemos, nas roupas que vestimos, nas músicas que ouvimos, mas é claro que todos esses fatores refletem a nossa forma de pensar. Tudo o que somos são os nossos hábitos! Então não dá para fugir disso! Se você quer saber quem você é, bastar vigiar as suas ações e os seus pensamentos…

    Obrigado pelo espaço para compartilhar idéias.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s