Unasul, a união que será a mais importante da história

Lula, Cristina e Chavez estão marcando forte presença em entendimentos que vão permitir a integração final das nações do Atlântico Sul e esta união embora possa parecer incipiente neste momento, será a mais importante União de Países da história.

Há muita oposição ainda dentro dos próprios países e fora, através dos demais países, principalmente os ricos e poderosos que consideram muito mais importante a dominação econômica da América do Sul do que nos deixar criar condições de autonomia em todos os campos de desenvolvimento.

As pessoas se ligam em nomes e no que a mídia publica de maneira facciosa e com interesses escusos envolvidos.

Diante da “dureza” com que os países ricos estão se portando, mais do que nunca se torna necessário estabelecermos essa União o mais rapidamente possível para que possamos no defender e não dependermos mais de políticas colonialistas nefastas e medievais que ainda estão tentando aplicar.

Economicamente o mundo está falido, já que a maioria dos países navega na miséria diária, embora que não noticiados, a não ser por algumas ONGs que teimam em abrir a mente das pessoas, mas inutilmente porque suas informações não interessam que sejam transmitidas pelos donos do poder econômico neo-liberal.

Era preciso navegarmos por cinqüenta anos por um falso pressuposto de que o liberalismo econômico e o suposto neo-liberalismo seria solução de todos os males das injustiças sociais e econômicas em contra-oposição ao socialismo. É hora de enxergar que isto não funciona e temos aqui no Brasil os vários exemplos dessa “idiotice” que aconteceu com excessos de privatizações de setores importantes, ditos essenciais e necessários pela ineficiência do Estado em gerir negócios. O Estado nunca foi um problema, o problema foram as consecutivas ingerências políticas executadas por políticos eleitos pelo Povo e seus legítimos representantes portanto, que transformaram tudo em cabides de empregos de incompetentes.

Até hoje vê-se que todo mundo quer arrumar uma boquinha no governo, virar funcionario público, barrigudo, sem-vergonha, indolente e cheios de garantias salariais, 18 salários aos ano, saúde grátis, férias e nada de ser demitido.

Os problemas nunca foram as empresas, mas os humanos que foram colocados ali para trabalhar e não vagabundear e fingindo trabalhar.

Ainda estes dias o governo criou mais um ministério, que passaram todos a serem um mistério dignos de Agatha Christie, onde haverão novos 200 empregos para os apadrinhados. Que barato! E caro, para o Povo que adormece nos mistérios.

Essas privatizações todas, estão na cara, foram um fracasso para o bem do povo, vide os exemplos das telefonias que formaram feudos imexíveis por contrato.

Mas voltando a Unasul, eu não tenho dúvidas que essa será a resposta à altura aos países ricos e truculentos, e será também a grande bandeira em favor das economias pobres e dependentes.

Unidos os países do Atlântico Sul se tornam praticamente auto-suficientes em tudo que é mais importante neste momento, inclusive com possibilidades de auto-suficiência tecnológica em pouco tempo também. Separados seremos alvos relativamente fáceis da “ganância” imperialista de um mundo que representa menos de 10% do Planeta, mas deseja tirar até a ultima gota de sangue dos demais.

Embora que aos “trancos e barrancos” eu vejo no aspecto macro que as decisões principais destes três dirigentes máximos estão conduzindo muito bem estas questões na América do Sul, e desta caminhada teremos muito em breve grandes resultados positivos, a despeito da visão negativa e curta da maioria dos analistas políticos e econômicos. E será a bem de todas as Nações emergentes também.

Quem já passou por umas vinte crises seriíssimas como o Brasil já deveria saber que os conselhos econômicos do mundo são somente para destruir as estruturas organizacionais dos países e torná-los cada vez mais dependentes de exportação. E continuar a acreditar nesta onde falida e degenerada de que o neo-liberalismo econômico é a solução máxima de tudo, é acreditar mesmo que os EUA é a fina flor do desenvolvimento mundial da humanidade e que os Europeus são realmente politicamente corretos e não causam nenhum mal ao mundo, desde a época das pilhagens.

E durma-se com este barulho.

Atama Moriya.

Home

Anúncios
Esse post foi publicado em NOTÍCIAS e marcado . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s