O valor das experiências recorrentes na vida e suas ligações com vidas passadas – parte 6

Na Kaballah chamamos as recorrências como repetições de situações que não resolvemos em outras vidas, tais como, por exemplo, o medo de lidar com situações de vida em que é exigida a nossa serenidade, uma posição de humildade, e subserviência perante os demais, pessoas nervosas, iradas, petulantes, vaidosas ao extremo, ignorantes em emoções, duras, inflexíveis, raivosas, co-dependentes, impacientes, intransigentes, mesquinhas, etc.. Procurem que vocês todos encaixam varias características destas.

Tais circunstâncias se repetem vida após vida e são grandes oportunidades para nossa própria evolução e quando resolvemos adequadamente, pronto, nunca mais se repetem e nos elevamos espiritualmente um grau a mais na escala. Superação é a palavra de ordem, não há nada que realmente possamos considerar ruim, apenas oportunidades de superar nesta vida, desde que assim enxerguemos de forma consciente. Vencer os medos e os limites, eis a questão.

É normal as pessoas que conhecemos, dentre entre nós mesmos, ficarem o tempo todo reclamando da vida, tipo se dizendo infeliz porque é pobre, porque é feio, porque é gordo, porque vive sem casamento, porque não tem um trabalho bom, porque a família ou os pais não a compreendem, porque não teve muitas oportunidades na vida, reclama que os amigos são chatos, reclama que o governo é corrupto, e assim vai…

Tantas reclamações são muito comuns, não é? Alguém conhece alguém que não reclama?

Tudo normal, reclamar faz parte de nosso crescimento, afinal quanto mais primários mentalmente mais temos que passar por dissabores e limitações para que possamos enfim compreender com maturidade que 100% de todas as coisas que passamos são frutos exclusivos de nós mesmos! De nossas semeaduras, seja nesta vida, e principalmente de vidas passadas.

Seria muito mais inteligente examinar a si próprio e diante dos problemas, inclusive de saúde, quais as correções que devemos realizar e com absoluta calma e tranquilidade resolvermos todas as pendências nesta vida.

Quando assumimos uma atitude positiva diante de todos os problemas da vida, criamos magicamente um polo positivo de atração das soluções. Ao contrário, quando permanecemos fora de nós, reclamando, xingando, se auto penalizando, estamos cada vez mais atraindo polos negativos de mais negatividades. Daí porque afirmamos que uma sintonia negativa na vida faz automaticamente com que a frase “desgraça pouca é bobagem” se torne cada vez mais real ainda.

Reconhecermos em nós mesmos a raiz e a causa de todos os problemas e limitações da vida é o primeiro passo de um amadurecimento da consciência existencial. Mas não é para ficar pelos cantos da casa se auto-flagelando, porque isto é burrice crônica espiritual, é a demonstração clara da infantilidade mental. Procurar trabalhar as causas com inteligência e lógica é o único caminho para a solução das questões.

É muito difícil compreender e lidar com as questões que aqui relato, primeiro porque reconhecer que não é o fato externo de si mesmo que causa as desgraças da vida é muito complexo para as mentes ainda infantis dos humanos.

E ninguém tem culpa de nada do que ocorre, nem Deus, nem os pais, nem a família, nem os governos, ninguém mesmo. Todas sãos circunstâncias atraídas por você mesmo em vidas passadas e nesta vida, portanto, não as resolvemos a não ser adotando atitudes maduras e inteligentes, para que possamos enfim atrair para nós mesmos os caminhos que aliviarão, senão todas, mas grande parte dos sofrimentos que nestes caso são totalmente mentais.

Podemos citar coisas simples como por exemplo, se você tem tendências a intolerância ao demais, é algo que você pode trabalhar buscando o tempo todo se vigiar para se tornar uma pessoa absolutamente tolerante e você verá que a partir desta atitude a vida lhe será muito mais aprazível.

Igualmente também aqueles por exemplo que tem tendência para engordar. O que é isto? Ahhh, certamente são traços registrados em seus genes espirituais e você está nesta vida justamente trabalhando para superar este desequilíbrio.

Pessoas que tem problemas com pobreza nesta vida, ao invés de reclamar, poderiam atrair para si nesta vida situações claras de positividade, talvez não possa transformá-las na pessoa mais rica do planeta, mas certamente fará você enxergar e viver as pequenas vitórias sucessivas, transformando suas vidas de forma positiva e alegre.

Afinal, o que causa tristeza e infelicidade não são os acontecimentos insatisfatórios na vida, mas sim o nosso inconformismo decorrente da forma dura que tratamos a nós mesmos, além dos outros. Não é fácil, como ensina a kaballah, aceitar as limitações numa boa, e trabalhar para melhorar as circunstâncias de forma alegre e confiante?

Acredite, viver no negativo só atrai mais negatividade, e assim vamos levar mais negatividade para nossas vidas futuras, e disto podem ter certeza.

Os egoístas infantis logo vão dizer, mas que é isso? Não basta esta vida miserável que levo e ainda vou ter mais na próxima? Sim, é isso mesmo, porque você não está solucionando a causa dentro de si mesmo e prefere culpar a vida que leva, e assim leva a vida, quando o mais lógico é aceitar o convite que a vida lhe faz para mudar a si mesmo por dentro e não as circunstâncias que te envolvem externamente.

O caso mais espetacular de superação pessoal que conheço, e deve haver muitos outros aos milhares por aí, é do australiano que nasceu sem os quatro membros, e mesmo sendo apenas um tronco humano, se supera diariamente e ainda dá palestras incríveis que já li trechos sobre motivação em universidades da Austrália.

Certamente poucos possuem limitações tão graves assim, e então, do que reclamas de Deus mesmo? Pode refletir sobre isto?

– continua –

Atama Moriya

Esse post foi publicado em texto, Vidas passadas e recorrências e marcado . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s