Duas fases do Amor no aprendizado do Ser – aprendendo a ser Bom

Há dentro do mecanicismo mental duas fases do Amor no aprendizado do Ser, uma, a primeira fase, o Ser deve simplesmente Amar ao Próximo.

Sabemos não ser tão simples assim. Por isso até para reforçar repito aqui um conto que re-estilizei.

“Era sobre uma mulher rica, de família riquíssima, poderosa, sempre fazendo suas ostentações e sempre fazendo pouco caso dos humildes e pobres, dos quais ela tinha ojeriza em verdade.

Porém, em dado momento da vida ela contraiu uma terrível doença e seus médicos a desacreditaram, informando-a que restavam poucas semanas de vida.

Desesperada, começou a rezar e chorar o dia todo, todos os dias; praguejava sobre seus infortúnios, cobrava a Deus pelas polpudas doações que realizara em vida, e não se conformava com a sua situação e tanto reclamou e tanto chorou e tanto rezou que um dia um anjo se materializou e lhe disse:

Mulher de pouca fé! O que te passa nada representa! Mas Deus em sua bondade lhe concederá uma nova chance, para tanto, pegue tudo que você tem de mais valioso na sua casa, todas as suas jóias, roupas, tudo mesmo e vá e entregue ao primeiro que encontrar na rua e a abrace e a beije em amor ao Pai!

Imediatamente a mulher parou de chorar e agradecendo muito correu para juntar tudo que tinha em um trouxa grande e foi para a rua.

Nisto, andando pela calçada, a primeira pessoa que encontrou foi uma mendiga que vinha passando, bem feia, velha, em trapos, fedendo horrores, cheirando pinga, e a mulher com aquela trouxa sentiu um enorme asco e com uma larga careta foi-se andando calada.

Nisto a mendiga passou por ela e foi se afastando e já de costas e, por uma ironia de Deus, a mulher rica não pôde perceber que o rosto daquela mendiga se transformara no rosto de Nossa Senhora Mãe Maria.”

Pois é….. no dia a dia de nossas vidas fazemos tanta questão de escondermos este Amor que acabamos sem saber que não o temos mais, mas somente em doses tão pequenininhas que não daria nem para contar….

Por que o homem se especializou nisto?

A resposta me foi dada por um Grande Ser aqui entre nós, a mesma resposta dada por outros luminares que aqui estão ou estiveram, mas mesmo assim, eu tive que viver longos anos para entender esta verdade.

A verdade embora relativa, ela deve existir dentro das realidades com as quais convivemos e nos existimos no presente. A vida existe sim e não é uma ilusão como os espiritualistas tanto divulgam de forma incompleta ou não vivenciada, eis que a ilusão é considerarmos a vida somente isto aqui no Plano Terra, pois que ela existe em todos os Planos Evolutivos (plano de planificar, de projetar). Porém, a vida na Terra é sim uma realidade, a nossa, criada por nós mesmos. Quando o sujeito morre neste plano, ele morre mesmo! Isto não é uma ilusão! Se uma criança passa fome, garanto a todos que ela de fato está passando fome; a barriga está roncando, o corpo está fraco e chora de tristeza de verdade, isto não é uma ilusão!

Aprendi que o Amor está presente sim, no Ser Humano, em menor ou maior grau, mas está presente, mas é nas cidades onde a sobrevivência, a competição e o que chama de “luta pela vida” está mais presente o “amor escondidinho”, que está lá dentro, mas não sai nem “à paulada”!

Medo! Eis a resposta: já pronta e mastigada. Entretanto, eu peço que aqueles que assim não compreenderam façam uma profunda reflexão em seu ser interior. E mesmo aqueles que concordam passem a se examinar continuamente para conhecer mais sobre seus medos!

Tudo é luta para o ser humano atual, neste dia cósmico e não há como mudar isto em apenas uma existência, nem em dez, mas à partir do momento que tomamos consciência do medo podemos nos adiantar e procurar ser o SENHOR de nós próprios, ou seja, reconhecendo os nosso medos, podemos com a nossa mente superior domina-lo racionalmente e não nos deixarmos sermos dominados por ele. Nós somos deuses em potencial e não o medo que nos assola. O filho de Deus nada teme, pois ele é o seu Senhor, conforme nos ensina também o Cristo em seu evangelho.

Quem tem medo não ama, aterroriza! Luta, Agride, Mata e Deseja Matar! Quem tem medo tem posse, não tem amor! Quem tem medo, não divide, fica com tudo! Quem tem medo rouba na primeira oportunidade! Quem tem medo não se contenta nunca, quer sempre mais, mais, mais, porque tem medo do amanhã! Tem medo de ficar só, tem medo de amar e se expor como um tolo, mas o tolo só existe em sua mente aterrorizada, mas mesmo sabendo é incapaz de controlá-lo, e continua se escondendo. Quem tem medo, tem medo do mendigo porque este pode lhe pedir algum, pedir ajuda e ele tem pavor a estender a mão, de ajudar e dividir porque ele tem medo.

Quem tem medo não ama o próximo, porque implica em se abrir e se expor e dividir; e ele não pode dividir nada que é seu, porque ele tem medo que lhe falte amanhã! Pois não foi o Cristo que ensinou aos homens de pouca fé: “pedi e recebereis” e disse: “não guardeis fortunas da Terra e sim fortunas do espírito?”

O Ser Humano se pudesse ter consciência do que faz ia rir muito de si próprio. Uns ganham milhões, e continuam ganhando, milhões e milhões no Banco e continua a querer mais e mais e não consegue parar em seus egoísmo porque tem medo! Vai ao Congresso e rouba, rouba, rouba, com medo, mas rouba, e continua a roubar, porque tem mais medo da vida do que medo de ser preso, porque ser preso é só uma vergonha, e o medo do amanhã é sempre maior.

O Ser Humano, que Jung descreve tão bem, tem medo de tudo, até de se olhar no espelho e se ver aquele ser velho, feio, gordo, horroroso, por que? Por que? O que é a vaidade, a sede de poder senão o medo de ser o último, o rejeitado, o humilhado, o comandando?

Filho de deus, você precisa superar o medo com sua mente que é superior a tudo em sua vida e o único remédio para sempre reverte-lo continuamente é o amor ao próximo, e este próximo é que incondicional, é todos, e é você também, é a terra, a natureza, os animais e é rpcinpalmente aquele que você vai encontrar sempre no final do túnel: o cristo.

Amor é amor, não o meio amor, da teoria do mais ou menos, o mais ou menos amor não existe, o mais ou menos ser humano não existe, ou é por completo ou não é. Ou se ama de verdade, ou tens apenas egoísmos e medos profundos!

Tudo isto de superar parece simples e para alguns o é, para outros é impossível, depende do momento de cada um. Reconhecer-se “um covarde” não é pecado nenhum, mas sim o primeiro passo para a nossa própria superação. O medo está em nossos átomos permanentes desde a era dos macacos e trabalhar ele é o nosso “tikun” evolutivo. Superar esta fase para muitos tenho certeza será mais fácil do que ele próprio imagina, basta tentar.

Para muitos será um esforço continuo de vitórias e fracassos em muitas vidas adiante, mas ele vai superar, assim como este é o destino dos homens-deuses, mas ele tem que esforçar e trabalhar duramente.

Comece sempre pelo primeiro passo inciático ensinado pelo Cristo em seu mandamento máximo: “amar ao próximo (qualquer que seja ele, homem, animal, natureza ou o seu próprio Deus interior) com todas as suas forças, de todo o seu coração e de toda a sua alma e (principalmente) de todo o seu entendimento… Faze isso e viverás.”

Fazendo isso, não só serás reconhecido como Filho de Deus, mas como TAMBÉM aprenderás a V-I-V-E-R ……..SEM MEDOS!!!

viver sem medos! eis a única e definitiva luta do homem na terra!

Esta é a lição do Mestre: concentre-se e vença não combatendo o medo, mas simplesmente amando!”

Atama Moriya.

duas fases do amo-parte 2

duas fase do amor-parte 3

Esse post foi publicado em Ser Bom é bom para quem?, texto e marcado , , . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s