Uma justa homenagem a Antonio Carvalho

Mais que nunca nossos sinceros desejos de vida plena a Antonio Carvalho, este SER extraordinário que aqui esteve, entre nós até a madrugada de ontem, sábado, quando se liberou deste corpo mortal e agora pode transitar livremente entre os ressuscitados, direito adquirido ao subir os degraus da escada de Jacó em vida.

Como ele sempre dizia, “morrer não dói” e todos nós já morremos por dezenas de vezes, então por que temer?

Na vida estamos sempre conhecendo e classificando pessoas, umas dez mil por vida pelo menos, tipo, este foi um grande médico, um grande professor, um grande político (embora este último seja um exemplo incomum, mas apenas como exemplo), um grande pai de família, um grande filho, uma grande mãe, uma grande mulher, uma grande escritora, etc. Entretanto, estes são apenas predicados positivos ou negativos de personagens de nossas vidas, poucas pessoas ficam atentas e dedicadas em si próprio não para ser um grande personagem, posto que isto é uma conseqüência de nossos atos morais e éticos visíveis pelos papéis que exercemos, poucas pessoas realmente se dedicam a não exercer uma grande papel neste grande palco da vida, mas sim em se dedicar, de corpo e alma, para se tornar um grande ser humano em favor dos próximos.

A pergunta que sempre não se cala e que devemos fazer a nós mesmos diariamente de frente ao espelho é esta: “quem sou eu?”

Não somos um papel que exercemos em vida, não somos um personagem em algum escritório, em alguma empresa, não somos personagens na sociedade; estes não passam de atributos que podemos exercer, e exercemos como contribuintes da sociedade. Entretanto, somos algo mais profundo, somos uma alma, cujo desenvolvimento não depende de exercermos grandes papéis no teatro da vida, mas sim, a alma se importa apenas se somos realmente uma alma encarnada em favor da vida de nossos próximos.

Assim é que, de fato, pelas suas obras a favor dos outros humanos, podemos reconhecer os que são verdadeiramente grandes seres humanos, e não dar muita importância ao personagem que os seres exercem em vida, posto que este personagem, grande ou pequeno pela errônea e curta visão humana, pode até ficar na história humana, mas não fica na história contada por Deus. Pois o que resta de cada um, depois que morre, não é o papel perecível, mas suas obras como ser humano, nada mais.

Homens ditos pela cultura como grandes e famosos conhecemos muitos, principalmente nos tempos atuais onde se fabrica e se idolatra qualquer tipo de personagem mais famoso e conhecido, basta ser cantor, jogador de futebol, empresário de agencia de propaganda, políticos, modelos, etc. Mas sempre se minimiza os verdadeiramente grandes porque estes não se preocupam com a mídia, não se exibem, obram simples e humildes, mas serão os ETERNOS E OS ESCOLHIDOS QUE ASSIM FIZERAM MERECER EM VIDA.

Mas grandes Homens, os verdadeiros, os que se dedicaram em vida ao engrandecimento de outros, a despeito de si próprio, foram apenas um punhado em séculos de história, e Antonio Carvalho foi um desses poucos que empunharam uma tocha (e restam poucas acesas) nesta caverna escura em que nos encontramos. Este sim, já um discípulo aceito, pode ser chamado de Grande Ser Grande.

Há muitas idolatrias absolutamente tolas hoje, como Antonio Carvalho ressaltava, mas é normal até que o ser humano da atual civilização adquira um grau maior de consciência, e talvez, um dia, possa exercer o seu verdadeiro papel de alma universal, num dia não tão distante, mas mais próximo. Mas hoje, a maioria anda tão distante de sua essência que nem sabe mais quem é de verdade.

Em lembrança e homenagem a Antonio Carvalho que passou décadas trabalhando pela abertura de consciências neste Brasil, pergunte-se, olhando-se no espelho, assim como eu faço diariamente:

– Quem sou eu?

Um grande abraço ao irmão Antonio Carvalho e estou muito feliz por você! Parabéns! Vida Longa!

Por Atama Moriya em 18-05-2008.

Home

Anúncios
Esse post foi publicado em texto. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Uma justa homenagem a Antonio Carvalho

  1. Regis disse:

    Parabéns pela homenagem prestada ao nosso grande irmão ANTONIO CARVALHO, que retornou à Patria Espiritual. Ele era o “herói das madrugadas”, falar que ele vai nos fazer falta através de seus ensinamentos, seria egoísmo; quem ouviu, que aproveite…
    Tenho certeza que ele já foi recebido com todo Amor e Carinho que fez por merecer !!!

  2. Ode disse:

    Olá, Caro Atama!
    Saudações!

    Hoje à tarde aconteceu o enterro de minha tia e madrinha. Sua transição emocionou todos familiares e amigos da nossa querida anciã; era a matriarca de uma numerosa família que ficou desfalcada, pois ela unificava todo o grupo.
    Lendo o seu inspirado texto para Antonio Carvalho, em vários trechos associei a boa lembrança que ela deixou em nós.
    Que a Humanidade possa gerar muitas e muitas outras pessoas com as qualidades e bom exemplo que eles deixaram em sua passagem terrena.
    Grata pela mensagem,
    Ode

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s