A Justiça de Deus e a Justiça dos Homens-parte 6

Estamos falando agora sobre as criações de Deus e seus objetivos, então pergunto agora: Por que Deus criou o tempo na forma? Ah, o tempo, porque Deus teria criado o tempo

O tempo existe tão somente para que o Universo estabeleça o seu próprio juízo de valores sobre a evolução do ser no Universo. O Tempo não é um simples cronômetro, mas o próprio Juízo sobre o Homem!

Repetindo por importante:

“Estamos todos aqui vivendo uma experiência evolucional sob o juízo do tempo!”

Dá para entender a profundidade desta afirmação ocultista e teosófica?

Existem vários entendimentos que o Homem deve alcançar sob e sobre esta frase, mas vou dar umas pinceladas em algumas delas.

Por exemplo, o Homem nasce, cresce, ganha inúmeras experiências (boas ou más, não tem importância a qualificação) e morre. Por que? Justo depois que fica “velho e maduro” sob o nosso conceito humanista ele deve morrer?

Porque ele ainda é um ser imperfeito, incompleto, por mais que evolua nesta vida, estará ele ainda longe, muito longe da perfeição neste momento cósmico, neste dia cósmico. Ainda lhe faltará muito e muito em sua evolução.

Lembre-se que ainda faltam muitos bilhões e bilhões de anos para encerrarmos os dias da criação, e ainda assim já dizemos que estamos no limiar do 5O. dia da criação, mas apenas por considerarmos o tempo humano apenas relativo. Ao todo, como já relatei anteriormente serão dez os dias da criação, cada um deles de trilhões, quadrilhões, quintilhões, e outros “lhões” quase infinitos dias sob a nossa limitada conceituação e visão do Universo.

E o Homem ainda uma criança na Terra, com apenas 5% de consciência (média alta) e utilizando apenas 8% de sua capacidade cerebral, na Terra dos Homens Pequenos ainda, se julga em condições de julgar e condenar aos outros “eternamente”? Com base em que? Ele tem dados suficientes para tal mister? Qualquer um de nós depois de partimos do plano físico vamos acabar nos vendo aqui na Terra como um filme de nossas vidas e vamos rir à toa de tanta “bobageira” que assumimos por aqui e Deus, ou os Deuses sabem disto e não nos julgam, apenas nos consideram homens-crianças em estado de crianças em crescimento e que precisa de umas palmadinhas.

Está cheio de indivíduos que “acham” que já adquiriram todos os graus conscienciais aqui na Terra e julgam, e querem “a morte dos insanos”, condenam as almas e espíritos da mesma forma que separam os feijões estragados dos bons na mesa da cozinha. É um tolo teosoficamente, mas é nosso irmão, merece todo o respeito neste dia da criação, ele próprio vai um dia cair na real e ver que falta muito, mas muito mesmo para evoluir como evoluíram os Deuses. Falta muito mesmo e diante disto ele vai deixar de julgar.

-continua –

Atama Moriya

Home

Anúncios
Esse post foi publicado em Justiça de Deus, texto e marcado . Guardar link permanente.

Opte por deixar comentários claros, concisos, compreensíveis e racionais. Evite palavrões, palavras ásperas e críticas/ofensas a outras pessoas. Lembre-se que este blog é muito lido por menores de idade. Por favor, deixe bons exemplos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s